Precisamos Falar Sobre o Kevin

Faltando apenas três dias para completar 16 anos de idade, Kevin Khatchadourian realiza um massacre escolar matando nove pessoas. É com a história desse personagem maquiavélico que a autora Lionel Shriver escreveu o célebre Precisamos Falar Sobre o Kevin. Um livro surpreendente, atraente e perturbador.

No decorrer das 464 páginas, esse romance ficcionista da editora Intrínseca se desenrola em um estilo epistolar através de cartas escritas por Eva, mãe do assassino, direcionadas ao seu ausente marido Franklin. É dessa maneira que Eva revive a trajetória do seu filho, desde a pré-gravidez até ele formar 18 anos, tentando entender através das lembranças o que levou Kevin, no dia 8 de Abril de 1999, quinta-feira, a ter cometido uma chacina. 

t.A.T.u.

Uma dupla russa de pop rock-eletrônico formada em 1999  por duas adolescentes, Lena e Yulia. No início, a imagem da amizade entre as duas garotas foi moldada a fins de divulgação, e foram interpretadas como lésbicas pelo público. Na época, isso gerou muita polêmica, chamou muita atenção e foi assim mesmo que elas alcançaram rapidamente a fama (e, talvez, tudo não passaria mesmo de um golpe promocional?).

t.A.T.u., que significa “essa ama aquela”, teve como clipe para o seu primeiro single All The Things She Said, no qual as duas aparecem trocando carícias e beijos, o que, claro, despertou a curiosidade do público. "Quando eles param e olham, eu não me preocupo, porque estou sentindo por ela o que ela sente por mim..."

Um pouco de Educação

As novelas educam? Conscientizam? Ou são o perfeito mecanismo de alienação da população? E a TV, em geral?

Se por uma frente há o grupo que defende que telenovelas não privam a população de bobagem e de conteúdos que simplesmente ignoram - e, convenhamos, mais do que abusam - as regrinhas básicas da ética social, da adequação dos conteúdos à idade teórica do público que está assistindo, há um grupo opinativo que abomina as pesadas críticas feitas aos conteúdos televisivos. 

Bilionários por acaso - a criação do FACEBOOK

“BILIONÁRIOS POR ACASO é um relato impressionante dos bastidores de uma história sobre ganhar dinheiro e perder a inocência, mas também sobre como uma empresa que foi criada para juntar as pessoas, separou dois amigos.”

O Facebook apareceu na minha vida muito antes de virar essa “febre” que é hoje em dia. Muito antes de ser o novo Orkut dos brasileiros. Meus pais resolveram navegar por esse novo “mundo” e, de repente, tudo que eu escutava em casa era como esse site de relacionamento era legal, interessante e divertido. E isso foi na época, agora remota, em que achávamos que o Face era para os ricos (uma piadinha que circulava entre muitos dos meus grupos de amigos). rs

Um dia

Lançado pela Editora Intrínseca no Brasil e escrito por David Nicholls, Um dia conta a história de Emma Morley e Dexter Mayhew, que se encontram na noite de formatura da faculdade e passam grande parte do dia 15 de julho de 1988 juntos. A partir daí a vida de ambos é geograficamente separada e o livro passa a contá-las ano após ano, exatamente no dia 15 de cada julho.  

“A melhor história de amor atemporal para aqueles que sempre desejaram ter alguém que nunca tiveram.” - Adele Parks 

Em é a garota inteligente e desprovida de auto-confiança. Dex, o cara rico e bacana que se dá bem com as garotas. O típico clichê que já daria um péssimo prognóstico de leitura, eu já estava decidido a falar mal do livro antes do primeiro capítulo acabar. Mas reviravoltas aconteceram e eu acabei preso na leitura, justamente pela característica de “avançar da vida”, por vezes extremamente real, que o livro apresenta e que acaba afeiçoando o leitor aos personagens, permitindo conhecer, pelas experiências passadas, os erros, medos e sonhos de cada um dos protagonistas.

Os extras

Neste final de semana a gente traz uma novidade pra vocês, visitantes do Multinverso. É uma nova seção com extras, pra você fazer download e nos carregar na tela do seu computador ou dentro de um livro. De primeira a gente já traz três papéis de parede comemorativos, ainda da saga Harry Potter, e – tcham, tcham, tcham – um marcador! 

Sim, nós vimos alguns pedidos dos visitantes que sugeriram a disponibilidade dos arquivos para download. À princípio ficamos receosos, uma vez que temíamos que a nossa obra pudesse ser usada por terceiros a torto e a direito, sem a nossa concessão. Mas superamos e, tomadas as devidas providências, disponibilizamos agora, junto com os papéis de parede, um marcador especial. 

Bem, não dava para liberar os arquivos dos marcadores da saga Harry Potter, porque isso tiraria o mérito dos ganhadores da promoção e de  nada teria valido a sorte no sorteio ou a habilidade na caçada que alguns fizeram pelo blog. Então, fizemos um especial do verdadeiro Sr. Tumnus.

Dê uma passada nos extras, logo aqui ao lado, e faça os downloads.  :D